domingo, 22 de junho de 2008

ABUSO SEXUAL

É inadmissível que nos primeiros 22 dias do mês de janeiro de 2007, um total de 11 crianças tenha sofrido abuso sexual em Rio Preto. Tendo em vista que está soma são os casos denunciados, pois ainda existem famílias que ignoram ou abafam o caso por medo das ameaças que sofre pelo agressor e também por vergonha. Não leva em conta o dano físico e psicológico causado a vitima. O fato de ignorar ou omitir não minimiza o trauma e as seqüelas, que sem um tratamento adequado a vitima carregará para o resto da vida. Com a omissão o agressor não é punido. Está atitude inefável do ser humano, se é que podemos chamar de ser humano, o adulto que molesta uma criança. A sociedade não pode encarar este crime macabro, como um fato normal. Pense que este tipo de abuso já está fazendo parte do cotidiano de muitas famílias em nossa cidade, não podemos ler a notícia e dobrar o jornal, sem manifestar o nosso repúdio. Maryah Cydah Abrantes Martiniano Ferreira Autora Matéria publicada nos jornais de Rio Preto

1 Comentários:

Blogger ANTONIO CARLOS FERREIRA disse...

Creio que além da obrigação de denunciarmos tal fato ocorrido ou que em eminência, devemos por obrigação, esclarecer e orientar as crianças quanto ao perigo e consequências à abordagens de entranhos e de não andarem sozinhas, de sempre se possível devemos " monitora-las, seja através de telefones ou identificação em sua vestes ou objetos pessoais...enfim, temos obrigações de dar a elas a máxima proteção possível...

28 de janeiro de 2009 10:24  

Postar um comentário

Comente as matérias,textos e fotos sempre fazendo uso de senso critico, embasado no respeito mutuo.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial