sábado, 28 de fevereiro de 2009

REDE DE PEDOFILIA. DENUNCIE!

Não sou médica para considerar doença a tara de desses monstros por crianças, que é safadeza tenho certeza. Já peguei a guarda de uma garotinha que após ser abandonada pelo pai na casa de estranhos, me contou sobre o assédio do dono da casa que tinha quatro filhas. Sempre orientei minhas filhas, mas o perigo esta onde menos esperamos. Tive como vizinha mulher batalhadora, presidente do Tribunal de Contas do Estado onde morei, ela adotou uma garotinha e logo depois engravidou. Seus pais que moravam no Rio de Janeiro foram para casa dela para ajudar cuidar das crianças. O avô das crianças um advogado aposentado, muito simpático e educado adorava passear com as netas e convidava as minhas filhas para passear e brincar com as netinhas. É normal vizinho convidar nossos filhos para brincar. O advogado safado achou de se engraçar com minhas filhas, nesta época não se ouvia falar de pedofilia. Desconfiei da insistência dele em querer levar minhas filhas para brincar na casa dele e fiquei mais atenta à recusa das duas de forma veemente. Perguntei e descobri o assédio, bati na porta dele e convidei o velhinho para tomar um café, o mandei repetir o que disse a minhas crianças. O safado ficou apavorado e fugiu para o Rio, sofreu um enfarto e morreu. A filha dele veio chorando me dar a noticia. Agradeça a DEUS que ele morreu. Contei o que ele estava assediando minhas filhas e que ia dar queixa a policia. Ela levou as duas filhas ao médico e o avô tinha abusado sexualmente das duas meninas. Advogado aposentado e pai da presidente do Tribunal de Contas do Estado quem poderia imaginar. Nunca confiei e mesmo tomando todos os cuidados não consegui evitar esta decepção para minhas filhas. Não confie em ninguém e fique sempre atenta a qualquer mudança de comportamento de seus filhos. A pedofilia esta aumentando assustadoramente e a lei tem que ser mais rigorosa. As crianças estão sendo expostas e isso deixará marcas para sempre. A prisão desses monstros não resolverá o problema. A lei é branda e o dano é irreversível para nossas crianças.

Maryah Cydah Abrantes Martiano Ferreira
www.diarioweb.com.br

0 Comentários:

Postar um comentário

Comente as matérias,textos e fotos sempre fazendo uso de senso critico, embasado no respeito mutuo.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial