terça-feira, 24 de junho de 2008

Feriado 71 acidentes e cinco mortes

Lendo sobre tantos acidentes automobilísticos neste feriado. Não tenho como esquecer que no dia 24/08/78 uma sexta-feira, fui vitima de um motorista imprudente na Rodovia Euclides da Cunha no trevo da cidade de Votuporanga-SP. Foi minha primeira viagem a São José do Rio Preto e por volta das 19h um carro entrou na nossa frente. O acidente foi inevitável. Fiquei presa nas ferragens de um fusca, abandonada na escuridão, a morte me rondava. Graças ao Deus de Israel passava pelo local um viajante de bom coração. O desconhecido me arrancou das ferragens e me levou esvaindo sangue para o Hospital São Paulo de Votuporanga. Nos poucos segundos de lucidez, lembro do letreiro vermelho ao chegar ao hospital, do sangue que jorrava, da voz longínqua dos médicos dizendo que eu não ia escapar. Noite fatídica. A única coisa boa que jamais consegui esquecer foi à voz que me disse: Meu nome é Roberto, sou casado, tenho dois filhos, moro em Bauru e sou viajante. Seus pais estão chegando eu preciso seguir viagem. Um dia nos encontraremos pela estrada da vida. Atrasei a viagem do Roberto cuja esposa e filhos esperavam por ele, sujei seu carro de sangue, perdeu uma noite de sono ao meu lado no hospital. Eu tive a língua decepada e nem pude dizer obrigada. Quem sabe o Roberto é leitor do Diarioweb e ainda posso conhecê-lo e agradecer.
Maryah Cydah Abrantes Martiniano Ferreira, 27/12/2007 www.diarioweb.com.br

0 Comentários:

Postar um comentário

Comente as matérias,textos e fotos sempre fazendo uso de senso critico, embasado no respeito mutuo.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial