terça-feira, 9 de dezembro de 2008

RETRATO

Impossível passar despercebido, pois sua foto se destacava no meio de milhares de rostos, parecia um outdoor não pelo tamanho, mas pela beleza, porte másculo, olhar penetrante. As mensagens programadas foram trocadas diariamente, não podíamos nos conectar. Fiz mil coisas, atravessei o oceano virtual para saber quem era o dono do belo rosto. A lente da câmera capta a beleza exterior. O perfil preenchido é uma incógnita, pode ser verdadeiro, omisso ou com valores agregados. O mundo real é complicado, o virtual é estimulante e perigoso. Não dá para escolher, me divido entre os dois. Sou real no mundo virtual.
Maryah Cydah Abrantes Martiniano Ferreira

0 Comentários:

Postar um comentário

Comente as matérias,textos e fotos sempre fazendo uso de senso critico, embasado no respeito mutuo.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial