sábado, 10 de janeiro de 2009

ESCREVO POEMA PERSONALIZADO.

Medo
Conhecer-te eu queria, simplesmente tinha medo do inusitado
Talvez, o sexto sentido avisando...
De vermelho sinalizando
O seu olhar transmite um doce pedido
Das tuas mãos carinho suave, da boca o beijo molhado
Sei que me perco, no desejo insaciado
Fico perplexa, sua foto olhando
Tentando desvendar, o inominável segredo
Penso...No beijo escorregado
No desejo do teu corpo suado
Queria ter te amado
Enlouquecido nos teus braços, e de prazer desmaiado
A vida impõe o prazer limitado
Nossa mente exige adrenalina, mesmo em campo minado
Você deixou meu corpo em chamas, deliciosamente abrasado.
Maryah Cydah ABRANTES MARTINIANO FERREIRA.
17/10/05

0 Comentários:

Postar um comentário

Comente as matérias,textos e fotos sempre fazendo uso de senso critico, embasado no respeito mutuo.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial